HISTÓRIA

Em dezembro de 2009, a RME, holding controladora da Light S.A. foi cindida em 3 partes, sendo que parte das ações da Light S.A. pertencentes à RME foram transferidas à Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG, Andrade Gutierrez Concessões S.A. e Luce Empreendimentos e Participações S.A. (sociedade controlada por Luce Brasil Fundo de Investimentos em Participações), todas detentoras, direta ou indiretamente, de participação acionária na RME. A Equatorial permaneceu como única acionista da RME, cuja participação na Light S.A. passou a ser de 13,03%.

Ainda em dezembro de 2009, a Equatorial anunciou que seu controlador, Fundo de Investimento em Participações PCP (“FIP PCP”), celebrou Contrato de Compra e Venda de Ações e Outras Avenças com a CEMIG, visando alienar sua participação indireta na Light S.A.

Como parte da operação, a Equatorial passou por uma cisão parcial em 29 abril de 2010, na qual sua participação na RME foi cindida para uma nova companhia constituída especialmente para este fim, a Redentor Energia S.A., que foi registrada como companhia aberta e listada no Novo Mercado da BM&F Bovespa, sob o código RDTR3. A Equatorial permaneceu com suas participações em CEMAR, Geranorte e Equatorial Soluções. No processo de cisão, cada acionista da Equatorial recebeu 1 ação da Redentor para cada 1 ação de Equatorial que detinha.

Em maio de 2011, o FIP PCP alienou sua participação na Redentor Energia S.A. para a Parati S.A., sociedade detida por CEMIG e FIP Redentor, por valor equivalente a aproximadamente R$6,87 por ação. Posteriormente, a Parati deverá fazer uma oferta pública para aquisição da participação dos acionistas minoritários da Redentor Energia S.A..

In 2018, after the fake replica watches successful launch of the replica watches sale brand's nautical series navigator watch, Athens watch launched an best replica watches observatory watch for a new eneration of explorers, reinterpreting the unique rolex uk replica style of the new era.